19 de abril de 2017

Hot cross buns saudáveis


Páscoa pede folares, pede família, pede tradições!
Esta Páscoa foi diferente. Habitualmente é em casa da minha avó paterna, vamos à missa no domingo e depois temos a visita Pascal.
Este ano tivemos que vir mais cedo, o trabalho assim o exigiu. O domingo foi passado em Coimbra onde já não há a mesma tradição!
Mas sábado ainda houve tempo para ir com a avó buscar o cabrito e para ajudar com os temperos que têm que ser rigorosamente aqueles! À falta de salsa ainda sugeri trocar por coentros que havia imensos pelo quintal e a salsa tinha acabado de ser plantada! Não, não é assim a receita :)
Mas a vida em terras pequenas é diferente! Chegamos a casa do senhor a quem a minha avó compra o cabrito todos os anos e ele convidou-nos para umas comermos umas febras que tinha matado um porco durante a manhã!! Viemos com o cabrito e com um grande ramo de salsa que ele apanhou num instante! (E só não viemos com as febras na barriga porque não havia fome para isso não foi por falta de insistência do sr!)


Trago-vos uns hot cross buns sem açúcares, sem glúten, meios toscos mas tão saborosos :)
Ficam muito mais pesados que os originais mas são tão bons que se comem num instante e sem culpas!



Receita baseada em: ascensionkitchen

Ingredientes:
- 250g de farinha de arroz integral
- 150g de amido de tapioca
- 100g de farinha de millet
- 1 colher de chá de goma xantana
- 1 chávena de leite de amêndoa
- 1/2 chávena de mel
- 1 saqueta de fermento (7g)
- 1/4 chávena de óleo de coco
- 2 colheres de chá de cabela
- 1 colher de chá de gengibre
- 1 colher de chá de açafrão
- 1/2 colher de chá de noz moscada
- 1/2 colher de chá de sal
- raspa de uma laranja
- 1 chávena de arandos secos
Para cruzar:
- 2 colheres de sopa de farinha de arroz
- água a ferver suficiente para criar uma pasta
Para pincelar:
- 1 colher de sopa de açúcar de coco
- 2 colheres de sopa de água a ferver


Preparação:
1 - Pré-aquecer o forno a 180º.
2 - Misturar o leite morno com o mel e com o fermento. Deixar repousar alguns minutos.
3 - Adicionar o óleo de coco derretido.
4 - Juntar as farinhas, as especiarias, a raspa de laranja e os arandos.
5 - Misturar bem e deixar a massa repousada durante cerca de 45min num local morno com um pano a cobrir.
6 - Dividir em 10 a massa e formar bolinhas. Colocá-las num tabuleiro forrado com papel vegetal e deixar levedar por mais 30-45min.
7 - Misturar a farinha de arroz com a água e cruzar os pãezinhos.
8 - Levar ao forno pré-aquecido anteriormente a 180º durante 15-20min.
9 - Pincelar com a mistura do açúcar de coco e a água a ferver quando saírem do forno.


12 de abril de 2017

Pastéis de lentilhas com alho


E chegou a minha vez de participar no desafio receita saudável promovido pela minha homónima Joana, do Limited Edition. A Joana propõe-nos falar de alimentação saudável!
É sem dúvida um tema de que muito se fala hoje em dia e que gera muita polémica, o que uns consideram saudável outros podem não o considerar e acho que há um abuso no uso da palavra saudável! Por vezes olhamos para os rótulos de coisas ditas de saudáveis e vêm carregadas de porcarias. Vejo no meu trabalho, quando falamos neste assunto há sempre discussão e discórdia!
Para mim a alimentação saudável acaba por ser uma alimentação variada em que tento usar ao máximo produtos biológicos e quando posso dos quintais das avós. Alimentos processados não é de todo uma opção por estes lados (ler os rótulos desses alimentos é por vezes assustador!)! Gorduras tentam ser as mais saudáveis possíveis, bem como os açúcares (o açúcar branco estava empedrenido quando o quis usar da última vez!)
Eu fui forçada a retirar o glúten da alimentação, ou mais especificamente o trigo devido a inchaços e posteriormente diarreias terríveis e tenho-me dado lindamente sem ele, tenho-me sentido muito bem da barriga que andava mesmo irritada com o trigo! Felizmente há tantas farinhas alternativas e agradáveis!
Infelizmente este tipo de intolerância ao trigo/glúten é cada vez mais frequente... para mim devido aos químicos e à maneira como manipulam o trigo! Conheço imensa gente que fica inchada, não com as diarreias... mas com um desconforto enorme! E isso não é bom...
Acho que uma alimentação saudável tem que ter um pouco de tudo, para mim há carne, há peixe e há pratos vegetarianos saudáveis e bons :) Confesso que cada vez a carne é menos usada para estes lados, mas não deixa de o ser!
Para mim a alimentação saudável também começa na infância, em educar as crianças a comer bem, acho que isso é fundamental! Por vezes acabam por se dar porcarias para satisfazer as "birras" dos meninos e isso não é de todo saudável!
Estes pastéis são deliciosos :)
Até o pequeno G. os aprovou!



Receita baseada em: cookrepublic

Ingredientes:
- 1/2 chávena de lentilhas vermelhas
- 1 1/2 chávenas de água
- 2 colheres de sopa de alho picado
- 1/2 cebola roxa picada
- 1 colher de chá de cominhos
- 1 colher de chá de paprica
- 3 colheres de sopa de flocos de aveia sem glúten
- 2 colheres de sopa de molho de tomate
- 1 colher de sopa de coentros secos
- sal
- pimenta preta
- 1/2 colher de sopa de óleo de coco + 1 colher de sopa


Preparação:
1 - Demolhar as lentilhas durante a noite. Remover a água.
2 - Levar as lentilhas ao lume com as chávenas de água durante cerca de 15min (até que a água evapore quase toda). Escorrer o resto da água e deixar arrefecer.
3 - Esmagar a mistura das lentilhas. Adicionar o alho, a cebola, os flocos de aveia, os coentros, o molho de tomate, o óleo de coco e os temperos. Misturar bem. Levar ao frigorífico cerca de 30min.
4 - Colocar o óleo de coco numa frigideira, moldar umas bolinhas e colocá-las na frigideira e deixar cozinhar de ambos os lados.


3 de abril de 2017

Cookies de trigo sarraceno e chocolate



Os dias estão maiores, finalmente! Às 20h é lusco-fusco! Sabe-me tão bem sair do trabalho e não ser completamente escuro! Bem vinda Primavera :)
Outro dia fiquei de ir tomar café ao meu primo e para não ir de mãos a abanar levei umas bolachinhas de chocolate que o pequeno G. tanto gosta!
Uma criança de 3 anos mesmo engraçada, sempre que vem a minha casa sabe o sítio onde tenho o chocolate e pede-me sempre uma pepita (que nunca é só uma)! Da última vez, sem pepitas por casa, só tinha chocolate de 85% cacau, dei-lhe 1/4 de quadrado e não é que ele adorou?
Estas bolachinhas são óptimas e desaparecem num instante do frasquinho :)


Receita baseada em: "Alternative Baker" - Alanna Taylor-Tobin Buckwheat bergamot doble chocolate cookies - pag 197

Ingredientes:
- 20g de manteiga
- 25g de manteiga de amendoim
- 200g de chocolate 70% cacau
- raspa de 1 limão
- 40g de farinha de trigo sarraceno
- 10g de farinha de tapioca
- 1/2 colher de chá de fermento
- 1 ovo grande
- 60g de açúcar de coco
- 1/2 colher de chá de sal


Preparação:
1 - Levar as manteigas ao lume com 125g de chocolate e com a raspa de limão. Remover do lume.
2 - Numa taça juntar as farinhas e o fermento.
3 - Bater o ovo com o açúcar e o sal até que fique uma mistura fofa. Adicionar a mistura do chocolate ainda morna e bater. Juntar as farinhas com o fermento e misturar a velocidade baixa até estar tudo bem ligado.
4 - Juntar os 75g de chocolate restante partido em pedaços pequenos e envolver com uma espátula.
5 - Deixar a massa arrefecer até que fique com a consistência de um brownie. Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e salpicar com flor de sal.
6 - Levar ao forno 8-12min a 180º.


27 de março de 2017

Bolo folhado com ovos moles



Há bolos que dispensam grandes comentários!
São autênticas bombas calóricas dignas de celebrações!
As celebrações por aqui ou pedem chocolate ou ovos moles (ou caramelo, não?)


Eu confesso que das combinações que gosto mais é a amêndoa com os ovos moles!
Mas para o J. o bolo dele tem que ser "um tipo pão de ló, nada de amêndoas nem frutos secos que costumas meter, com massa folhada crocante no meio e ovos moles!"
E lá lhe fiz a vontade... Um bolo simples, com massa folhada crocante (o ano passado é que percebi que o truque é pôr-lhe peso por cima para que ele folhe bem, se não fica toda mole!) e cheeeeio de ovos moles :)
Assim celebramos os 31 dele!



Ingredientes:
Para o bolo:
- 6 ovos
- 5 gemas
- 250g de açúcar
- 125g de farinha
- 3 placas de massa folhada
Para os ovos moles:
- 12 gemas
- 12 colheres de sopa de açúcar
- 8 colheres de sopa de água


Preparação:
1 - Bater os ovos e as gemas com o açúcar. Adicionar aos poucos a farinha sem parar de bater.
2 - Colocar numa forma untada e forrada com papel vegetal e levar ao forno, pré-aquecido anteriormente a 180º, durante 15min. Descer a temperatura do forno para os 150º e deixar mais 15min.
3 - Retirar do forno e deixar arrefecer na forma.
4 - Para os ovos moles: colocar um pouco de água no fundo do tacho com o açúcar e deixar ferver. Quando estiver no ponto pérola para cabelo desligar o lume e colocar um pouco, em fio, sobre as gemas batidas, mexendo sempre muito bem para estas não talharem. Juntar depois as gemas ao resto da calda e levar ao lume a engrossar. Deixar arrefecer.
5 - Para a massa folhada cortar as 3 placas do tamanho do bolo e levar uma delas ao forno a 180º com peso por cima (usei a base da forma do bolo) para que folhe uniformemente, durante 10-15min.
6 - Entrançar as outras duas placas e levar ao forno com peso por cima (usei a base da forma do bolo novamente) durante 10-15min. Retirar e deixar arrefecer.
7 - Para montar o bolo, cortá-lo ao meio. De seguida colocar uma camada de ovos moles, a placa de massa folhada, nova camada de ovos moles, a outra metade do bolo, nova camada de ovos moles e por fim a massa folhada entrançada.